25
ago
10

Infliximabe: santo remédio?

Não tenho falado muito sobre minha doença ultimamente. Deve ser porque às vezes esqueço que a tenho… É verdade! Graças a Deus (e aos médicos) que desde abril, quando fiz a enterectomia, estou super bem. O Crohn está adormecido. E espero que fique por muito tempo.

E uma das possíveis causa desta remissão, deve ser o novo tratamento que iniciei após a cirurgia. INFLIXIMABE. Também conhecido como REMICADE.

O infliximabe é um agente biológico que foi introduzido como opção terapêutica na doença de Crohn no fim da década de 1990. Ou seja, bastente recente. Trata-se de um anticorpo monoclonal quimérico (com componentes humano e murino) contra o fator alfa de necrose tumoral(TNF). Esta droga tem se firmado como uma ferramenta importante no tratamento da doença de Crohn moderada ou grave, resistente ao tratamento convencional, com imunossupressores (como a azatioprina)e corticóides.

Nesta situação em que se enquadra meu caso, ou seja, doença moderada ou grave, com ou sem fístulas, resistente ao tratamento convencional, o infliximabe mostrou ser eficaz na indução da remissão, na melhora da qualidade de vida e na manutenção da remissão por até 54 semanas, após dose única.

A dose geralmente preconizada é de 5mg/kg, de 15 em 15 dias no primeiro mês, depois uma vez no mês seguinte, e depois de dois em dois meses. A aplicação é por infusão. A única coisa chata é ter que ir ao hospital para receber a dose, e ficar de molho durante uma manhã inteira a disposição.

Apesar disso, os médicos ainda têm certa precaução, ou reticência, a prescrever esse medicamento, primeiro pela falta de muitos estudos, e segundo pelos efeitos colaterais que são inúmeros.* Por sorte, só tenho tido dor de cabeça, no dia da aplicação. E mais nada…

Outra coisa a se considerar é o preço deste santo (?) remédio. Cada frasco de 100 mg custa nada mais, nada menos que cerca de 4 mil reais. (Entenda que como tenho quase 60 kg, devo usar três frascos). Por sorte, tal remédio pode ser conseguido na secretaria de saúde, após uma tremenda burocracia.

Não sei até quando me sentirei assim… Tenho a consciência que ainda tenho a doença. Mas há muito tempo, não e sentia tão bem. E gostaria de me sentir assim pra sempre.

!!! 12 mil reais, guardados em minha geladeira!!!

*Junto com os efeitos necessários para seu tratamento, os medicamentos podem causar efeitos não desejados. Apesar de nem todos estes efeitos colaterais ocorrerem, você deve procurar atendimento médico, caso algum deles ocorra. Assim como outros medicamentos, o REMICADE (infliximabe) pode causar efeitos adversos. A maioria destes efeitos é de intensidade leve a moderada. No entanto, alguns podem ser graves e podem necessitar de tratamento. Os efeitos adversos podem aparecer até 6 meses após a última infusão. Informe imediatamente ao seu médico se notar algum dos seguintes sintomas: dor ou inchaço no peito, músculo, articulações e mandíbula; inchaço das mãos, pés, tornozelos, face, lábios, boca ou garganta que possam dificultar o ato de engolir ou a respiração; urticária ou outros sinais de reação alérgica; febre; erupção; coceira; diminuição da respiração ao praticar exercícios ou ao se deitar ou inchaço nos pés; rubor. Informe ao seu médico assim que possível, se você notar os seguintes sintomas: sinais de infecção; dificuldade de respirar e tosse não-produtiva; problemas para urinar; mudanças no modo como seu coração bate, por exemplo, se ele bater mais rápido; delírio; cansaço; rouquidão; tosse; dor de cabeça; zumbido; entorpecimento; visão dupla ou outros problemas nos olhos; fraqueza nos braços e pernas. Os sintomas descritos acima podem ser sinais dos efeitos adversos citados abaixo, que têm sido observados com REMICADE (infliximabe): Comuns: Infecção viral (por exemplo, influenza e herpes), reações alérgicas, dor de cabeça, vertigem/tontura, rubor, infecções respiratórias (bronquite, pneumonia), dispnéia, sinusite, enjôos, diarréia, dor abdominal, dispepsia, erupção cutânea, prurido, urticária, aumento da sudorese, pele seca, cansaço, dor torácica, reações relacionadas à infusão e febre. Incomuns: Abcesso, celulite, monilíase, sepse, infecção por bactérias, tuberculose, infecção por fungos, doenças auto-imunes (lúpus, lúpus eritematoso sistêmico), reação alérgica do trato respiratório, reações anafiláticas, anemia, leucopenia, linfadenopatia, linfocitose, linfopenia, neutropenia, trombocitopenia, depressão, confusão, agitação, amnésia, apatia (desânimo), nervosismo, sonolência, insônia, exacerbação da doença desmineralizante sugestiva de esclerose múltipla, conjuntivite, endoftalmite, ceratoconjuntivite, edema periorbital, equimoses, hematoma, hipertensão, hipotensão, síncope, petéquias, tromboflebite, bradicardia, palpitação, vasoespasmo, cianose, isquemia periférica, arritmia, piora da insuficiência cardíaca, epistaxe, broncoespasmo, pleuris, edema pulmonar, constipação, refluxo gastroesofágico, queilite, diverticulite, colecistite, função hepática alterada, dermatite fúngica, onicomicose, eczema, seborréia, erupção bolhosa, furunculose, hiperqueratose, rosácea, verruga, pigmentação/coloração, mialgia, artralgia, dor nas costas, infecção do trato urinário, pielonefrite, vaginite, edema, dor, calafrios/tremores, reações no local da injeção auto-anticorpos e anormalidade do fator complemento. Raros: Meningite, insuficiência circulatória, taquicardia (batimentos do coração acelerados), derrame pleural, perfuração intestinal, estenose intestinal, hemorragia gastrintestinal, hepatite e lesão granulomatosa. Seu médico também pode solicitar exames para avaliar o funcionamento do fígado e a contagem dos elementos do sangue. Se você notar qualquer efeito adverso, que não esteja mencionado nesta bula, informe ao seu médico.
Atenção – Este é um medicamento novo e, embora as pesquisas tenham indicado eficácia e segurança aceitáveis para comercialização, efeitos indesejáveis e não conhecidos podem ocorrer. Nesse caso, informe seu médico.
Fonte: Bula do Remicade.

About these ads

84 Responses to “Infliximabe: santo remédio?”


  1. 1 Rhyan Costa
    novembro 12, 2010 às 21:21

    Amigo

    Meu nome é Rhyan, tenho uveite intermediaria por sarcoidose, faço tratamento com corticoides e metotrexato. Tive a indicação do Ramicade, pois a uveite se encontra num estado de dificil controle. Dei entrada no plano de saude, mas ocorreu a recusa para a cobertura do tratamento, segundo eles o ramicade é uma droga experimental.
    Pesquisei atraves da internet, conversei com os médicos com quem faço o tratamento a mais de 3 anos, eles me informaram que o Ramicade ja é registrado pela a Anvisa.
    Imagina o meu desespero, eu, jovem de 20 anos, tomando dosagem alta de corticoid (60mg/dia) ocorrendo o desmame, atualmente (40mg/d) e 20mg/semana de metotrexato com uma inflamação ocular ja com déficit visual, e correndo atras de toda papelada necessaria para conseguir essa medicação carissima.
    Gostaria que por gentileza enviasse a bula do ramicade para o meu email, ficaria muito grato.
    Meu email é: Rhyancacau@hotmail.com

    Rhyan Costa

  2. 2 HELEN
    abril 9, 2011 às 16:50

    Prezado,
    tem na internet a bula, tem, tb, modello de petição para pedido na secretaria e plano de saúde.
    O nome do remédio é Remicade.
    Espero ter ajudado.
    Helen

  3. 3 Guilherme Guimaraes
    abril 16, 2011 às 09:08

    Boa tarde,

    Meu nome é Guilherme Guimaraes, tenho crohn ha 11 anos, estava em remissao usando mesalasina ha 6 anos, porem em 2010 tive que fazer 2 cirurgias de fistulas e em outubro comecei a usar Remicade, hoje, dia 16/04/2011, ja fiz a minha 5a infusao, porem, desde janeiro venho sofrendo com dores na coluna lombar, joelho, cansaço enorme e fraqueza nas pernas e braços. Toda semana preciso fazer infiltraçoes na coluna lombar para conseguir trabalhar. O cansaço é enorme e a fraqueza nas pernas e braço aumenta a cada dia. Meus medicos, o gastro e o reumatologista, estao fasendo inumeros exames para saber se realmente o que sinto sao efeitos do remicade ou nao. Na ultima ressonancia que fiz da coluna, apareceream artroses na coluna, o que nunca tive antes de iniciar o tratamento com Remicade e uma estenose no canal medular, o que tbm nao tinha antes, e esta estenose é o que pode estar causando a fraqueza das membros, porem, ate o momento os medicos nao conseguem, dizer se isso é do remicade ou nao. A principio meu gastro disse que vai continuar com o remicade, pois ele tem a preocupaçao de mudar para o humira, meu organismo tbm nao suportar e eu ficar sem medicamento, pois somente o Humira e o remicade podem controlar o Crohn. Enfim, tem dia que chego do trabalho a noite e nao consigo mais caminhar de tanta fraqueza, ontem foi um dia desses e hoje tambem. Gostaria de saber se existe algum caso parecido com o meu.

    Obrigado e desde ja agradeço o retorno

    • 4 Leonardo
      fevereiro 19, 2013 às 11:34

      fala Guilherme eu tenho doença de crohn eu estou na segunda dose do inflixinmabe eu nao sinto nada tudo estar da mesma forma eu nao sei mais oque fazer para parar com essa diarreia eu tenho uma fistulas na barriga que estar aberta a 7 meses ja fis 4 cirurgias se vc poder me dar algumas informacao eu agradeço

      • 5 Flavia Ranssen
        abril 21, 2013 às 17:55

        Ola Leonardo, meu nome é Flavia Ranssen, moro em Aracaju-SE. Tambem tenho doeca de crohn. Aos 14 anos descobri que tinha retocolite, meus problemas foram aumentando a cada dia, tive uma fistula proximo ao joelho e tive q fazer uma raspagem, os medicos qria fazer a colostomia… mas gracas Deus e ao meu medico Dr. Miraldo tudo foi controlado. Passei a tomar a mesalazina e corticoide… Passei ate alguns meses revoltada e nao tomei masi nada.. Toda vez que me sentia mal me enchia de remedios e mais uma vez passava. Aos 26 anos tive uma outra fistula na canela, comecou como uma espinha, foi crescendo ate tomar toda minha canela. Minha cunhada é dermatologista na parte de estetica e meperguntou se eu sabia o que era a carboxiterapia, outro medico ja tinha me dito que eu teria que amputar minha perna. Fiz o uso do carboxi e gracas a Deus minha perna fechou. Pesquise e fale c seu medico, de repente isso pode ser de uma grande ajuda. Amanha sera meu primeiro dia do infliximabe. Estou com um pouco de medo pois meu medico disse que tenhopolipos e se tiver algum maligno terei q fazer a cirurgia…. Pesquise sobre a carboxiterapia, quem sabe isso podera ajuda-lo, a medica aplicava ao redor da ferida inclusive colocava o betatrita (corticoide) na minha perna. Espero que possamos trocar informacoes…

    • março 15, 2013 às 15:33

      Eu tenho crohn desde 2010, comecei o tratamento com corticóides, imunossupressores e depois veio o remicade. Tive algumas reações também, como essa dor na coluna que tu tivestes.. fiquei algum tempo sem conseguir caminhar, me apoiava em tudo quanto era móvel/parede/pessoas para tentar andar um pouco, sentia muito desequilibrio. E isso foi depois que comecei com o remicade, mas nunca soubemos se era do remédio mesmo e continuo com esse tratamento. Só que ante-ontem (dia 13/03/2013) quando estava no hospital fazendo a aplicação tive uma reação alérgica muuuito grande, achei que fosse morrer.. fiquei com falta de ar, formigamento pelo corpo todo (como se a pele encolhesse), enjoos, e o coração bem acelerado.. pararam a medicação e iniciaram logo um remédio contra a alergia, que até me deu muito sono. Agora tenho que voltar a médica para ver o que faremos, talvez eu pare com o infliximab e comece com o adalimumabe (100% DNA humano).

      • 7 Edson
        maio 11, 2013 às 14:47

        Olá Juliana, eu tambem sou portador de crohn e faço uso do remicade há pouco mais de dois anos. Minha médica prescreve a injeção de solucortef 30 minutos antes do remicade com a finalidade de evitar alguma reação alérgica, até hoje nunca senti nenhuma reação alérgica.
        Abraços.

      • 8 Telma Araujo Bocato
        maio 14, 2013 às 16:39

        Ola, meu filho de 10 anos tem crohn, descobrimos em setembro de 2012 e em outubro ja começamos com as infusões de infliximabe no HC em SP, ele já está na sexta aplicação e eventualmente sente dores de cabeça, mas que passa com dipirona. Descobrimos por causa de fistulas na região anal, que não mais o incomodam, no mais não tem qualquer outro sintoma. Suas doses são a cada dois meses e felizmente seus exames de sangue estão bons e ele não tem qualquer outro sintoma, mas como o colega que relatou, ele também toma um antialérgica antes de cada infusão.

  4. 9 JUnior
    abril 24, 2011 às 19:46

    Ola meu amigo tenho 35 anos e tomo ramicade a 2 anos tenho espondilite anquilosante nesse tempo de infusão , sinto as mesmas coisas que vc fraquesa nos joelhos e nos braços fico super cançado .tambem não sei o motivo , tambem fico em duvida se é por causa do ramicade … abraços ..

    • 10 marcia
      abril 24, 2012 às 15:21

      olá.. júnior..meu nome é márcia…tb tenho espondilite anquilosante…e gostaria de me comunicar com vc ..para..saber seus sintomas se é igual ao meu..to aflita..obrigada ..grande abrax..

      • 11 Junior
        março 29, 2013 às 23:15

        Olá Márcia, qualquer ajuda que precisar estou a disposição, tenho EA há 7 anos, passei por muitas dificuldades, mas hj estou super bem, abraço. Siga sempre, jamais desista da luta.

    • 12 Mario
      dezembro 5, 2013 às 00:05

      vamos trocar informações, meu nome é Mario, tenho 38 anos e tenho espondilite anquilosante desde os 17 anos, usei humira por 1 ano e não resolveu, agora vou começar com o remicade.
      Abraços:
      tiomario31@terra.com.br

  5. 13 esther
    maio 4, 2011 às 08:21

    Sou portadora de psoríase, e fui premiada com a artrite decorrente da doença. Após anos com outros remédios, a médica indicou o Remicade …..As dores realmente melhoraram, mas não as lesoes cutaneas, estou muito cansada, de licença médica pois não aguento dar aulas, tenho tido infecções frequentes, tipo conjutivite, bronquite, vou para a 5a dose e estou fazendo exames de 2 em 2 meses….ainda n/ sei avaliar se está valendo a pena correr os riscos, mas que a qualidade de vida melhorou sem as dores e enrijecimento isso sem duvida. Como já tinha Hernia de disco e artrose nos joelhos n/ posso atribuir ao remédio.

    • 14 Guilherme Guimaraes
      junho 9, 2011 às 06:18

      Bom dia a todos,
      Apos a minha quinta infusao do Remicade, meu organismo criou anticorpos (possivel ver no resultado do exame de sangue como FAN positivo a 640) para combater a ele mesmo, entao fiquei mto cansado, com o coraçao disparando e meu medico decidiu interromper o tratamento com o Remicade. Ficarei 4 meses esperando o efeito do Remicade sair do organismo e provavelmente em Julho ou agosto de 2011 entraremos com o Humira no lugar do Remicade e espero nao ter tantos efeitos colaterais como tive com o remicade.

      • 15 Juliana
        maio 14, 2013 às 14:49

        Pois é Guilherme, também tive reação alérgica ao infliximab devido ao organismo ter criado anticorpos contra ele. Eu tinha engravidado, parei com o tratamento, e quando meu filho nasceu voltei a usar remicade, a primeira dose foi tranquila, porém a segunda tive reação. E agora estou desde 13/03/13 sem usar nada, vou ver nesta segunda-feira na consulta o que a médica decidiu.

  6. 16 Natalia
    junho 15, 2011 às 13:54

    Bom, tenho sarcoisose cultanea pulmonar, onde levei 8 meses pra descoberta ja que o diagnostico e feito por exclusao.depois de 7 meses em tratamento, tive um agravamento da doenca(dei reumatismo nos pes e maos) sentia dores muitooooooo fortes nos pes a ponto de perder a conciencia. Era tratada pelo hospital das clinicas, mais eles nao perceberam o sinal dado pela doenca.consegui tratamento sobre o meso no sual de minas depois de 10 dias internadas(usando medicamento pra durmir e aliviar a dor) e 20 dias de cadeira de rodas.O Reumatologista receitou o remicade onde como prescrito tomei a primeira dosagem , e depois de 15 dias tomei a segunda. Eu respondi muiiiiiiiiiiiiiiiito positivamente ao medicamento , havendo somente perda de peso e enjooo. Votei a andar com auxilio de fisioterapia e hoje faco acompanhamento medico.nao estou como era antes, mais envista do que eu tava, eu sou uam nova mulher.
    No mais e isso!

    • 17 Guilherme Guimaraes
      junho 24, 2011 às 05:21

      Fico feliz por vc Natalia. O Remicade realmente é um remedio muito bom, nao posso me queixar dele, pois curou minhas fistulas (sou portador de doença de Crohn), porem, apos a quinta infusao, meu organismo nao suportou mais o tratamento, eu quase nao conseguia mais andar, tive lombalgia, muita dor na coluna lombar, estenose do canal medular e joelho. Ao contrario de vcs, ao inves de perder, eu ganhei peso. O medico me disse que eu estou numa estatistica mto baixa de pessoas em que o Remicade pode trazer graves problemas secundarios (mto raro) e por isso decidimos parar. Minha ultima infusao foi dia 18 de março de 2011, fiquei 2 meses afastado do trabalho devido aos efeitos colaterais relatados acima, hoje dia 24 de junho 2011, passados 3 meses sem Remicade, nao sinto mais nenhuma dor na lombar e voltei a vida normal. Meu medico ainda nao decidiu se continuo o meu tratamento so com Mesalasina ou se ele entra com o Humira, mas o Remicade meu organismo, infelizmente nao suporta mais. Dia 8 de julho tenho consulta com meu gastro pra saber que tratamento seguirei.

      Boa sorte a todo(a)s

      • 18 sergio luiz da silva
        setembro 10, 2012 às 19:39

        ola guilherme tenho doença de crohn e começei o tratamento do remicade ,ja tomei a segunda dose e nao vejo efeito de melhora ,vc pode me dizer com qntas dose é pra ver resultado tenho fistula tmem abraços

  7. 19 Mariana
    setembro 21, 2011 às 21:24

    Faço uso do Remicade há 1 ano (doença de Crohn) e melhorei desde a primeira aplicação do medicamento. Depois de um tempo em uso deste medicamento começou a surgir uma coceira nas pernas e braços principalmente depois do banho. Acho q a minha pele está mais ressecada. Será efeito do Remicade? Alguém mais sente isso?

    • 20 Juliana
      maio 14, 2013 às 14:53

      Ah, interessante saber disso Mariana.. pois também sou portadora do Crohn e faço tratamento com Remicade há mais de 1 ano e depois do banho sempre coçava as pernas, e algumas vezes, os braços.. talvez possa ser sim, uma reação do remicade.

    • 21 Doris Andrea
      abril 24, 2014 às 10:09

      Desculpa não tenho doença de crohn, mas tenho na família o caso e eu sofro com a coceira após banho… tente baixar o maximo possivel a temperatura da água, e usar sabonetes com hidratantes. Realmente é irritante a coceirinha pós banho… só melhora um pouco no inverno.. Outra forma de enganar (pelo menos pra mim da certo) é usar roupas que cubram o corpo todo (manga longa, calça e saida de banho atoalhadas) logo após o banho por uma meia hora… ajuda muito a sumir o efeito…
      Espero ter ajudado

      • 22 carlos
        junho 14, 2014 às 08:38

        Ola Doris
        como deve saber o nosso corpo fica imune a muita coisa quando se toma infleximabe inclusive a pele que é o principal defensor do nosso corpo também sofre com isso.
        Terá de usar sabonetes indicados para o ph da sua pele e verá que resulta sem ter de se preocupar mais com isso .

  8. 23 Rhyan Costa
    setembro 22, 2011 às 13:37

    Mariana

    Estou na minha 5 infusão do remicade. Nunca tive nenhum dos efeitos colaterais da medicação. Graças a Deus venho respondendo bem. Apos a minha infusão fico em observação durante 2 horas. Vi na prescrição do meu Médico que essa conceira que você mencionou é sim um dos efeitos colaterais da medicação. Acho interessante alertar o seu médico para o mesmo.

    Desejo muita sorte a todos vocês no tratamento. Que Deus nos abençoe.

    Abraços!

  9. 24 jefferson
    dezembro 15, 2011 às 17:46

    bom meu nome e jefferson , descobri que sou portador da sindrome de vogt koinagy harada em abril de 2011 , tenho 23 anos , e ja iniciei o tratamento com doses altissimas de corticoide , foram tres dias com 60 mg , depois 80 mg , e entao 100 mg foi quanto fu internado para ser realizado pulsoterapia com metilprednisona o qual nao foi feito pelos riscos que eu corria , ja que o corticoide (prednisona ) ja nao estava fazendo efeito queria saber se o infliximabe tanbem serve pro meu caso ?

  10. 25 jefferson
    dezembro 15, 2011 às 17:55

    porem apos descobrir os efeitos colterais que o remedio apresenta , fico com medo , porq nao estou tendo um acompanhamento real dos medicos , reumatologistas nao conhecem a doenca e me jogam pra frente sempre afirmam que a doenca e do oftalmo , os oftalmos so me empurram corticoide e ja desenvolvi diabetes melintus e miopia por conta do remedio , por esse motivo tenho mais medo dos remedios e seus efeitos colaterais do que da propria doenca em si , que inclusive posso desenvolver outras doencas

  11. 26 Romeu
    janeiro 27, 2012 às 12:25

    Oi galera o meu nome é Romeu sou paciente do Hospital das Clinicas e também tomo o infliximabe;só não sabia que existisse alguém que comprasse e levasse esse medicamento para casa…Pois esse medicamente pode causar efeitos colaterais graves quando ministrado!La no HC tomo com um tempo corrido de 1 hora para não ter complicações maiores;é realmente um medicamento muito bom para quem tem doença de cronh como eu!

  12. 30 Carolina
    janeiro 31, 2012 às 22:01

    boa noite,

    Me chamo Carolina e moro em Arraial do Cabo/RJ, meu avô faleceu a pouco tempo e estava fazendo tratamento com Remicade de 100 mg com o auxílio do Ministério da Saúde. Por esse fato ficaram muitos frascos do tratamento e gostaria de revendê-los mais em conta para que não possa perdÊ-los e poder ajudar alguém que necessite do tratamento já que eu sei que é barra o que passamos…

    Caso alguém tenha interesse me enviem um email: carol_rj_odonto@hotmail.com.br

  13. 31 Elson
    fevereiro 1, 2012 às 08:10

    Olá, faço uso do Remicade há quase seis anos, e graças a Deus nunca tive qualquer efeito colateral. Tenho psoríase, e minhas lesões estão 98% controladas. Agradeço a Deus todos os dias pela descoberta deste medicamento.

    • 32 Maria das Graças Andrade
      fevereiro 10, 2012 às 18:56

      Olá, eu tb faço uso do Remicade há quase seis anos. Nos 3 primeiros anos, não sentia nada. Mas depois comecei sentir após a infusão, fortes dores nas pernas. Mas eu tomava um parecetamol e passava. Mas ultimamente, tenho ficado muito mal. Fico 3 dias de cama, com fortes dores no corpo. Tomo parecetamol de 6 em 6 hs. Já comentei com meu médico, mas ele não deu impotânica. Mas estou disposta a procurar um outro especialista pra saber se devo ou não continuar com este medicamento. É uma pena, pq minha artrite reumatóde estava até que controlada e eu estava podendo fazer academia e pequenas viagens. Mas tenho fé em Deus que tudo se resolverá.

      Boa sorte a todos!

    • 33 Breno Bezerra
      julho 28, 2012 às 17:02

      Oi Elson fico feliz por você amigo…

    • 34 Virginia
      agosto 2, 2013 às 09:59

      Olá, Edson.
      Minha filha, iniciou o tratamento com Remicade a uma semana, ela tem psiorise gutata, li muito sobre o remedio, mas estou muito aflita pelo seus efeitos colaterais, pois são diversos, apezar dela ter 32anos
      minhas espequitativas continuam, lutamos com a doença a 22 anos. Voce pode me dizer como está sendo nestes um ano de tratamento.Não tenho muita abilidade na internet, mas leio meus gmail com frequencia.Beijos e que o SENHOR continue a lhe abençoar, Virginia

  14. 35 Camila Lima
    maio 28, 2012 às 19:40

    Olá, tenho doenca de cronh há 7 anos e faco uso do Remicade . Iniciei em dezembro de 2011 e ao contrario de muitos que perderam peso, eu ganhei peso . Estou tendo muita dor de cabeca, enchaco nos pés e tornoselos, dores nas pernas e bracos . Gostaria de saber se alguém está tendo esses mesmos efeitos colaterais .
    Camila

    • 36 Mariana
      junho 6, 2012 às 21:49

      Camila, tb uso Remicade para doença de crohn. Nunca tive nenhum desses sintomas… tb ganhei peso a medida que a inflamação do intestino foi melhorando. Quanto as dores acho importante vc conversar com o seu médico, pois o médico que me acompanha sempre me pergunta se sinto dor nas articulações. Att.

    • 37 NIVIA
      agosto 30, 2012 às 18:23

      OI CAMILA, TENHO CROHN HA 03 ANOS E USO REMICADE A 02 ANOS E DE UNS 06 MESES PARA CA TENHO SENTIDO MUITAS DORES NAS ARTICULAÇÕES; OMBRO, DEDOS DAS MÃOS, BRAÇOS ,JOELHOS E NEM COM REMEDIO PASSA O MAIS INCRIVEL É QUE ESSA DOR SÓ DA QUANDO FALTAM UNS 15 DIAS PARA TOMAR A INFLIXIMAB, QUE JA TOMO DE 06 EM 06 SEMANAS, AI SURGI A DUVIDA ESSA DOR É DO CROHN OU DA INFLIXIMAB? SEUS SINTOMAS SÃO ESSES, TAMBEM? AGUARDO SUA RESPOSTA. OBRIGADA

  15. 38 valdeane
    julho 2, 2012 às 16:54

    ola sou valdeane
    também tomo o infliximabe para retocolite já estou na terceira dose e já melhorei 95 porcento

    • fevereiro 5, 2013 às 09:38

      Olá Valdeane meu nome é Natália tenho retocolite, fazia tratamento com cortizona, mesalazina e azatilprina, mas os mesmos não estão mais fazendo efeito. Gstaria de saber qtos anos tem? qto tempo toma o remedio? e como esta seu intestino? tem efeitos colaterais?

      grata

      Meu e-mail: nataliafrizzi@hotmail.com

  16. 40 EMERSON
    julho 2, 2012 às 20:49

    QUE TODOS OS DIAS SEJA SEMPRE OTIMO A TODOS VCS,EU SINTO DOR EM VARIAS PARTES DO CORPO…CABEÇA…NUCA…OLHOS INFLAMADOS…ARTICULAÇÕES…FALTA DE AR…ROQUIDÃO…DORES MUSCULARES…TENHO MUITA COISA A DIZER… EM OUTUBRO DE 2011 FIZ CIRURGIA DEVIDO A TER CROHN E JA TINHA ACABADO COM MEU INTESTINO GROSSO, COLO DO INTESTINO E UMA PARTE DO INTESTINO DELGADO FIQUEI INTERNADO PRATICAMENTE 3 MESES DESSES 3 MESES FIQUEI EM COMA 2 MESES E 15 DIAS MILAGRE DE DEUS A MINHA VOLTA…A CIRURGIA ABRIL 2 VEZES E TEVE QUE SE CATRIZAR DE DENTRO PRA FORA E AINDA TO NO PROCESSO, SINTO MUITA FRAQUEZA…DOR NAS ARTICULAÇÕES…NÃO FICO DE PÉ POR 5 MINUTOS QUE BATE UM CANÇASSO MUITO GRANDE…SENTADO TAMBEM ACHO QUE É DEVIDO A CIRURGIA…VOU INICIAR COM REMICADE VOU VER O QUE VAI MELHORAR EM MIM AI RETORNO PRA CONTAR VCS…E QUE DEUS ABENÇOE A TODOS VCS…MEU EMAIL–emersonrama@bol.com.br ESTAMOS JUNTOS PARA NOSSA MELHORA…ESTOU TOMANDO MESSALASINA…USO A BOLSA NA CINTURA DEVIDO O RETO ESTAR BLOQUEADO ATÉ FAZER UMA NOVA CIRURGIA PRA NORMALIZAR A SITUAÇÃO É DIFICIL MAS PRA DEUS NÃO É IMPOSSÍVEL E CREIO QUE NO FUTURO PROXIMO VAMOS FICAR TODOS MUITO BEM DE SAÚDE.

  17. 41 Nicolai
    julho 15, 2012 às 23:22

    Tenho pesquisado muito na internet e até agora ando bastante otimista.
    Devo começar meu tratamento daqui alguns meses.

    Tenho 29 anos e fui diagnosticado com spondilite anquilosante desde meus 24 anos, é uma doença que tem o mesmo principio da Doença de Crohn, a proteina TNF em excesso. Tenho inflamações nas articulações (principalmente coluna), consegui levar minha vida do dia a dia até agora porém com muitas dores e gastante muito dinheiro com anti-inflamatorios.

    Por incrivel que pareça nestes 5 anos que tenho a doença nunca ninguém me indicou o Remicade, por serem dores na coluna e eu ter quase 2m de altura sempre acharam que era por causa do meu tamanho, e fui convencido disso. Eu achava que iria viver minha toda assim.

    Estou ansioso para começar.

    Um abraço.

    Nicolai

    • 42 Maria
      dezembro 16, 2013 às 22:30

      Faço tratamento com remicade a quatro anos. A primeira infusão foi difícil, porque passei muito mal mais não desisti. Procurei identificar o que me fazia sentir mal e percebi, que o motivo era o tempo de infusão, que no meu caso tem de ser pelo menos três horas. Se todo o processo do conjunto de drogas forem feito lentamente, saio da clinica me sentindo muito e nos dias seguintes também.

      Espero ter ajudado. Boa sorte!

  18. 43 Breno Bezerra
    julho 28, 2012 às 17:01

    Vou começar dia 1 de Agosto de 2012 a tomar Remicade, se assim Deus permitir… “Desde” 2008 tenho psoríase, e venho lutando contra essa doença.

  19. agosto 19, 2012 às 11:47

    Tenho, retocolite há aproximadamente 6 nos , e nos tratamentos que fui indicado , no começo desta inflmaçaõ , naõ sugiram efeitos , mesalasina que eu tomava passava inteira e caia no vaso , corticoides em altas doses ajuda muito , mas por outro lado prejudica a saude em geral,ramicade passei pela a dose ataque, espero que nas proximas infunsões possa fazer o efeito esperado.
    ,

  20. 46 Telma
    agosto 26, 2012 às 23:47

    Meu filho tem 9anos, e há um mês descobrimos q ele tem Chron, está sendo tratado no HC, o único sintoma dele foi o aparecimento de fistolas, estou bastante preocupada, talvez será tratado com infliximabe, que tem uma serie de reações. Vejo relatos somente da doença em adultos, alguém tem conhecimento fr Chron em crianças?

    • 47 Conceição
      outubro 9, 2012 às 13:29

      Oi Telma,
      Descobri que minha filha tem Crohn quando ela tinha 12 anos. Ela teve uma crise muito forte de diarréia e chegou a ficar internada. Durante a internação ela sé tomava leite hidrolizado (oito dias), não podia comer nada e tomava uma doze “cavalar” de cortizona. Você pode imaginar o que nós passamos. Graças a Deus o único sintoma que ela tem do Crohn é a diarréia. Nunca teve dor abdominal, fístulas ou outra coisa. Só que às vezes ela é pega de surpresa pela diarréia. Hoje com 24 anos, ela está praticamente bem. Desde 2000 ela se trata na Unicamp, toma azatioprina há 11 anos e agora vai começar fazer “terapia biológica” com infliximabe”. Eles optaram por esse tratamento por causa de uma pequena anemia que não melhora. É claro que estou preocupada, pois não sei quais as reações que esse remédio pode causar nela, mas, como sempre, decido confiar no meu Deus que está no controle de todas as coisas, e a vida dela sempre esteve nas mãos d’Ele. Nós fazemos a nossa parte até quando chega a parte em que só Deus pode fazer, não é? Espero que tudo dê certo com seu filho, um abraço!

    • 48 Juliana
      maio 14, 2013 às 15:14

      Então Telma, eu tenho uma suspeita que tenho CROHN desde os 11 ANOS, pois nessa idade eu sofria com as FÍSTULAS no reto, porém naquela época (em 2004) fui consultar num clínico-geral que me disse que era simplesmente hemorroidas e deu um remédio pra fazer banho de acento (não lembro o nome, mas era um que deixava a água roxa e as mãos marrons) e depois disso foi passando essa dor que sentia. Dai em 2010 somente comecei com dores muuuuito fortes na barriga, essa dor/incomodação das fístulas e fui consultar com uma gastro e ela me mandou para uma coloproctologista que me internou num hospital e fez vários exames e me disse então que eu tinha CROHN! E a partir dai comecei o tratamento.. e estou até hoje.

    • 49 carla
      agosto 3, 2013 às 16:59

      Telma, meu filho de 12 anos tbem esta com crhon. Meu email é carlalim@gmail.com. vamos trocar experiências. Quem sabe não nos ajudamos.

  21. 50 sergio luiz da silva
    setembro 11, 2012 às 18:40

    alguem pode me ajudar,tenho doença de crohn e começei a tomar remicade ja tomei segunda dose e nao vi melhoras sinto dor e minha fistula nao fecha ,qnto tempo demora pra fazer efeito a injeçao obrigado por alguem me responder meu email danado2015@hotmail.com

  22. setembro 22, 2012 às 20:10

    meu marido esta com parte do intestino praticamente fechado…estou preocupada,já tentei pelo sus e me foi negado o medicamento,não tenho tempo para burocracias..preciso do medicamento hoje! nem que fosse pra comprar a primeira dose,e espero o sus autorizar..se alguem puder me ajudar..adriana_caixas@hotmail.com.

    • janeiro 6, 2013 às 12:24

      conseguimos o medicamento pela unimed,meu marido tem crhon.já estamos na 4 aplicação, ele sente muita fraqueza, dores nas juntas, diarréia incapacitante…não vi nenhum resultado ainda…

      • 55 Juliana
        maio 14, 2013 às 15:20

        Olha Adriana o que posso dizer é que para mim o Remicade foi muito bom, claro que no começo eu estava muito doente, incapacitada, sentia muuuitas dores, fiquei um tempão até conseguir levar uma vida “normal”… tinha algumas reações ainda, diarréias constantes, fiquei sem caminhar, sentia dores nas articulações, coceiras, mas são incômodos muito menores que a dor que o crohn me causava!

  23. 56 Andreza Mendonça
    novembro 28, 2012 às 13:10

    Oi pessoal meu nome é Andreza tenho 28 anos e tenho doença de chron a 4 anos ,perdi 20 kg já fiquei internada várias vezes por causa das dores no corpo,febre,vómitos,diarréia constantes e muitos gases,sangramento nas fezes ,tomava Sulfasalazina mas não vi melhoras depois mudei para Mesalazina que saia inteiro no vaso e não resolvia nada. Já operei 2x das fistolas mas elas apareceram de novo e vou operar de novo,mudei de médico e ele mudou meus remédios agora tomo metronidazol e cipro mas vou começar a tomar o infleximinab pois minha anemia não melhora e nem as fistulas não consigo ficar muito tempo em pé que dóe muito minhas pernas e a bacia e mesmo depois de ir ao benheiro parece que o reto está sempre cheio de fezes é muito ruim porque não consigo ter mais uma vida social normal ,me sinto insegura de sair de casa. Tranquei a faculdade,perdi meu emprego e meu marido me abandonou por causa da doença, todo mundo pensa que é uma doença contagiosa ou que vc tá com hiv ou câncer, mas sei que são pessoas sem cultura. Se alguem quiser trocar informações sobre essa doença tão chata rs podem me mandar email :andreza_uri@hotmail.com . E vamos continuando vivendo e acreditando que amanhã sempre será melhor que hoje se Deus quiser!

  24. 57 Gustavo Garcia de Moura
    dezembro 18, 2012 às 14:25

    bom gente, fui diagnosticado com doença de crohn em abril de 2011, por eu estar com a doença em um estágio avançado e com 5 ulceras em decorrencia da doença, comecei o tratamento com o Remicade em junho de 2011 no hospital das clinicas, a resposta do tratamento foi imediato, no dia seguinte da primeira dose do remicade, a diarreia q ja vinha me perceguindo a 6 meses por causa do crohn acabou, nunca tive nenhum tipo de efeitos colaterais referente ao tratamento com o Remicade até o mes de junho de 2012, quando comecei a ter coceiras nas costas e percebi q minha pele estava muito rececada, alem dessa coceira nas costas começou tbm a surgir lesões no meu rosto, onde os dermatoligistas estavam tratando como acne a 5 meses e nenhum medicamento traz resultado, porem após ler essa materia referente ao Remicade tenho a certeza q é efeito colateral do meu tratamento de crohn e irei pedir orientação ao meu gastro….porem gostaria de saber se mais alguem teve esse msm efeito colateral? se alguem quizer entrar em contato comigo meu e-mail é: gustavogarcia.moura@gmail.com

    • 58 LILIAN LOURES
      janeiro 30, 2013 às 21:38

      olá Gustavo, meu none é Lilian Loures, tambem tenho crohn a 8 anos a dois anos comecei a tomar a infusão de remicade ,que pra min foi um santo remédio , quanto a pele ressecada eu tive no rosto e ficava muito vermelha,e a dermatologista que atende junto com a gastro me diagnosticou como( rosácea ) tambem coçava bastante . somente no rosto … esse medicamento foi e e´um santo remédio …a minha qualidade de vida é outra!
      estimo muitas melhoras pra vc! força e muita fé em Deus que tudo vai dar certo ! PENSAMENTO POSITIVO.

  25. 59 jean augusto
    dezembro 24, 2012 às 14:28

    fé em deus meus guerreiros eu tambem tenho cronh e sei como é dificiu so quem tem sabe,deus da a crus para os mais fortes, meu nome é jean augusto tenho 17 anos tenho cronh a um ano tenho uma coiza para dizer a vocêis fé em deus que dias melhores virão.

  26. 60 Rosimere
    dezembro 29, 2012 às 19:10

    Olá me chamo Rosimere e tenho 34 anos , e há 1 ano e meio , soube que tenho retocolite ,doença de crohn , fistula e já tive pioderma granguenoso , devido a retocolite tive internada 2 meses no hospital , e passei a tomar mesalazina (800mg) de 6 em 6 horas , já tomei 1 ano corticoide , ( 60mg ) e fui desmamando . e hoje em dia não tomo mais corticoide e já fiz cirurgia de fistula 2 vezes , mais não vejo melhora e agora vou fazer uso de infliximabe (10mg ) dia 7/ 01/2013 . Se alguem já fez uso de infleximabe deixe seu comentario para me ajudar …. Um abraço a todos que passam pelo mesmo problema e que deus nos ajude a sair dessa !!!!

  27. 61 Renato santos
    janeiro 11, 2013 às 07:58

    Achei muito interesante pareceu eu falando . Porque tambem sofro com esta doença, graças a meu grande deus, e essa medicação estou otimo

  28. 62 omset
    janeiro 12, 2013 às 01:08

    Tenho caixas de Infliximabe (remicade) 100 mg para doar, com data de vencimento para março de 2014. Quem se interessar, entre em contato pelo e-mail (omset@ig.com.br). Como a medicação necessita de refrigeração, não posso enviar pelo correio. Podemos no entanto combinar a melhor forma de entrega.

    • 63 LILIAN LOURES
      janeiro 30, 2013 às 21:41

      QUE BACANA ….QUE DEUS TE D~E SAÚDE EM DOBRO , ESSE MEDICAMENTO É MUITO CARO E NINGUEM TEM CONDIÇOES DE COMPRAR ..EU QUANDO TOMEI PELA PRIMEIRA VEZ TAMBEM FOI DE DOAÇAO E HOJE SOU ETERNAMENTE GRATA A ESSA PESSOA . PARABÉNS! SEJA FELIZ!

    • 64 Leila Aleluia Marques
      fevereiro 22, 2013 às 19:47

      oiii eu tenho retocolite e fiz a aplicacao de remicade, o plano cobriu as duas mas nao sei se ira cobrir as outras e tenho que viajar 12 hs para aplicacao pois moro no interior e o tratamento e em bh. Vc realmente tem esse medicamento ainda?Como faço pra conseguir a doação?De qualquer forma que Deus te abençoe por essa atitude nobre, tambem faço doação de mesalazina. abços, aguardo retorno

      • 65 LUCI
        março 12, 2013 às 11:18

        MEU GENRO ESTA MUITO MAL …PRECISA DESTE MEDICAMENTO E A BUROCRACIA É MUITO GRANDE PARA CONSEGUI-LO.TENHO ATE MEDO DE ELE FAÇA UMA LOUCURA. SE VC AI TEM O REMEDIO E AINDA FOR DOA-L..POR FAVOR ENTRE EM CONTATO FICAREI ETERNAMENTE AGRADECIDA….

  29. 66 glaucia
    fevereiro 6, 2013 às 09:30

    Olá, achei esse blog procurando por doação de mesacol na internet, resolví tentar…Me chamo Glaucia, sou de bhe/mg e estou com o diagnostico de rcui e suspeita de crhon e em tramite para receber a medicação pela SES, gastei tudo que tinha para conseguir a mesalazina 800mg para o mes, mas o remédio acaba hoje, queria saber se alguém tem mesacol ou mesalazina 800mg para doar? meu email é glauqueirozzy@hotmail.com, podem me ajudar?

  30. 67 rui
    abril 8, 2013 às 23:49

    ola eu chamo-me rui e sou português e sofro de doença de crohn já a três anos e fiz vários tratamentos incluindo messalazina e azatioprina (imuran) e desde de 1 de fevereiro de 2012 comecei a fazer o biológico nos primeiros meses fazia o tratamento de 8 em 8 semanas so que em agosto de 2012 eu passei a faze-lo de 6 em 6 semanas a minha qualidade de vida melhorou muito apos de ter feito 12 perfusões de infliximab e nos dias de hoje não sei o que e ter a doença de crohn e encontro me no estado remecicivo da doença. vi aqui alguns depoimentos vossos e vejo que muitos de vocês estão desesperados mas não desanimem pois em breve iram entrar no mercado novos medicamentos para a doença de crohn.tambem venho por este meio informar que se houver aqui alguém de Portugal que faça tratamento com messafazina (salofalk) e imuran entre outros que me diga pois eu tenho algumas embalagens inteiras para dar pois já não os uso e gostaria de poder dar a uma pessoa que precise.deixo aqui o meu mail para alguém esteja interessado e não desistam a doença pode não ter cura mas há que acreditar que novos tempos iram vir.abraços a todos vocês
    farfisa-sound@hotmail.com

  31. 68 Cristiane Moreira
    maio 15, 2013 às 10:33

    Eu tenho doença de crohn desde 2001, e faço uso do infliximabe desde 2007, mudou minha vida! cessaram as crises, as fístulas cicatrizaram com mais ou menos uns 6 meses de tratamento. O governo oferece este medicamento e até compreendo a burocracia, por ele ser caro, imagino que sempre ha pessoas mal intencionadas. Mas o médico preenche os papéis, eu levo á secretaria de saúde municipal, e depois vou pegar no dia marcado. Existe agora outro remédio que foi liberado para doença de crohn chamado Adalimumabe, que a própria pessoa pode aplicar em casa como se faz com a insulina. Tenham fé. Abraços.

    • 69 Mara Lúcia Schneid Azambuja
      junho 1, 2013 às 17:23

      Olá Cristiane eu me chamo Mara, também tenho doença de crohn desde 1998, e depois de tomar várias
      medicações à pouco tempo, na verdade o médico com quem consulto agora me receitou o infliximab, mas eu gostaria de saber de ti sobre as reações adversas à respeito deste remédio, quais são as mais possíveis de acontecer com o Paciente, ou quais que tu tivestes.Abraços e aguardo resposta.

      • 70 Telma Araujo Bocato
        junho 18, 2013 às 23:09

        Ola Mara, meu filho tem 10 anos e foi diagnosticado com chron em asgosto de 2012 , faz tratamento com infliximabe desde setembro de 2012, ate hj ele nao teve reacoes, mas os medicos dizem que as reacoes variam muito a cada paciente a doenca ainda nao entrou em remissao, mas ele nao tem qualquer sintoma e tem uma vida comum como as criancas da idade dele. Alem do infliximabe ele tb toma diariamente um comorimento de mercaptopurina, elem de um antialergico toda vez que vai fazer a infusao do infliximabe. Boa sorte no seu tratamento. Telma.

  32. 71 Nelson Guimarães
    maio 30, 2013 às 17:18

    ola meus novos amigos, e sempre bom conversar e saber as dificuldades, e necessidades de cada um
    tinha sintomas a mais de 5 anos e recentemente fui diagnosticado com crohn estou em tratamento a um pouco mais de 8 meses usando messalazina mas não obtivemos resultado tenho diarreias frequente mas estou bem
    como não tivemos efeito desejado minha medica prescreveu o infliximabe que estou para retirar no hospital Mario Covas aqui em Santo Andre por ser alto custo espero e creio ( em Deus) que esse novo tratamento ira correr tudo bem…. desejo melhoras a todos e que a graça do meu Deus esteja com todos….. fiquem na paz.

  33. 72 luciane L. Fagundes
    junho 23, 2013 às 10:51

    Queridos colegas; tenho dois sobrinhos que tem essa doença de chron.Ultimamente não esta sendo facil para eles,todos nós estamos sofrendo.Minha sobrinha está enternada a quase dois meses na unicamp,o estado dela é muito complicado,pois o seu organismo combate qualquer tratamento.Estou cuidado do irmão dela aqui em casa,que começou a tomar infliximabe semana passada.Ele graças a Deus reage melhor aos medicamentos.Espero que todos vocês e meus sobrinhos com a ajuda de Deus possam melhorar,pois só ele pode dar forças a todos , e se quiser fazer até um milagre em vossa vida.Deus que os abençoe.
    Luciane.

    • 73 carla
      agosto 3, 2013 às 17:06

      Melhoraras aos seus sobrinhos. Meu filho de 12 anos tbem esta com crohn. Ele sofre muito. Vai começar a usar infliximabe assaziado com a azatioprina. Estou super agoniada. Fique com Deus.

  34. 74 yuri
    junho 26, 2013 às 14:54

    Ola gostaria de saber se alguem quer comprar infliximabe …..tinha um parente que tomava e faleceu e sobraram alguns e estamos vendendo para não estragar grato!!

  35. 75 carlos
    julho 4, 2013 às 22:57

    ola pessoal do cronh ..tenho 37 e cronh desde os 11. amanha vou iniciar o infleximab depois conto como correru.o pior da doença foi mesmo o aparecimento de pioderm gangrenoso na perna que quando vem dura meio ano sem fechar e com curativos todos dias e dores de dia e de noite ,,tambem faço corticoides todos dias a anos e fico inchado pareço o boneco da michelin ,mas agora acho que vou melhorar tudo isso,,vamos ver.

  36. 76 yeda lopez
    julho 16, 2013 às 22:01

    Olá gente,
    tenho psoríase desde 1998 e desde 2008 não estou conseguindo manter o equilibrio dela,e desde 2010 /2011 desencadeou artrite psoriasica ja com deformação do dedinho,uso o metrexato 10mg de 7 em 7 dias ja tomei equivalente a 4 meses .Agora meu dermo deseja trocar por este medicamento REMICADE,o couro cabeludo com Alphosyl 100% com coaltar mineral fica tudo belesa sem erupção,queda de cabelo etc.Mas agora não consigo o coaltar mineral e o vegetal e nada é a mesma coisa.
    Com o metrexato não tenho fome,as veses oscila o humor(franco) ,mas por ter feito o diagnostico de artrite o medico deseja mudar,porque ainda tenho dores nos punhos e amanheço com os dedos inchados e mãos,ainda não tenho muita sensibilidade nos dedos,mas ja foi uma tremenda ajuda,minha qualidade de vida melhorou.
    Alguem pode me orientar se devo ou não começar com o REMICADE?
    Esta infusão e posterior a ela ficar em observação me deixou assim meio em duvida uma vez que sou sozinha e DEUS.Não possuo uma pessoa para me acompanhar se for preciso.
    Atenciosamente,

    Yeda

    • 77 Mariana
      julho 24, 2013 às 10:39

      Olá Yeda, eu uso o Remicade há três anos. No início também fiquei receosa com esse período de observação, mas nunca tive nenhuma reação. E foi o único medicamento que levou a doença a remissão no meu caso. Desde a primeira aplicação já tive melhora. É importante vc buscar orientação com o seu médico para fazer a aplicação em uma clínica que esteja acostumada com a manipulação do medicamento (o meu médico me indicou clínicas que fazem quimioterapia, pois pelo o que entendi a manipulação é bem parecida com quimioterápicos). Eles me dão um antialérgico antes. Att, Mariana.

  37. 78 Dulce Bretas da Boa Ventura
    julho 26, 2013 às 19:50

    Pessoal, a 5 anos foi diacnósticado que eu possuia a doença de crohn. Já fiz uso de Mesalazina, Corticóide, Azatioprina. Agora estou na terceira infuzão do Infliximabe. Continuo com as diarréias e distenção abdominal, e ainda tomando corticóide de 20 mm . Minha médica disse que vou voltar a tomar o Azatioprina, para o meu organismo não criar ressistência com o Infliximabe. A um ano tomando corticóide engordei 10ks, e sinto todos os efeitos colaterais do corticóide . Coragem para todos e um brande abraço. Dulce Bretas.

  38. 79 Riquelli Mansano
    agosto 27, 2013 às 23:04

    Ola pessoal. Tenho 15 anos e tenho a doença de Crohn… Quando descobri foi mt difícil, complicado . Durante 5 meses eu não respondi a nenhum remédio … Mas ai entrei um mezalazina e prednisona 20 mg e melhorei. Agora iniciei o tratamento com remicade. No começo eu senti melhora ,mas agora sinto como se não fizesse tanto efeito, ainda tomarei a 3ª dose q é de ataque. Espero que eu melhore. É muito complicado para mim,ainda mais com a minha idade…. Não posso as vzs sair ou fzr algo q gosto por encomodos…além das comidas q sou restrita. Bom…me ajudem psicologicamente…..

  39. outubro 1, 2013 às 22:00

    oi gente meu nome é gessica tenho retocolite ulcerativa,tomei corticoide e também tive todas as reções adversas e a diarréia n esta controlada e agora a minha médica resolveu entrar com o infliximabe, ainda n comecei a tomar mais espero q eu n tenha nenhuma reação adversa.Boa sorte a todos e q Deus abençõe a todos nós.

  40. 81 Maria
    outubro 4, 2013 às 21:08

    Sofria com a doença de retocolite ulcerativa cronica durante 4 anos tomando vários medicamentos, mas continuava com as crises e com o sangramento, chegava a ir ao banheiro 20x ao dia. Mesmo com os medicamentos não havia remissão da doença.
    Através de uma amig fiquei sabendo a respeito da Auto Hemoterapia. Faz 1 ano que estou em remissão da doença sem os medicamentos convencionais, sem sangramento e as idas ao banheiro são no máximo 2x ao dia.
    Pesquisem!
    Pessoal, eu estou muito feliz com os benefícios da Auto Hemoterapia, sem efeito colateral e me trouxe qualidade de vida que os medicamentos e a doença haviam me tirado.

    Fica aqui o meu depoimento.
    Att.
    Maria

  41. outubro 4, 2013 às 22:15

    Gente, me chamo Erika e por sentir uma forte dor na barriga aliada a diarreia, o médico solicitou a colonos copia. fiz a duas semanas e irei pegar o resultado na próxima segunda. Mas o médio que fez o exame, falou que tenho ou doença de Crohn ou Tuberlucose intestinal. Comecei a pesquisar sobre a provável doença e fiquei com muitas duvidas. Não tenho esses sintomas, são esporádicos as diarreias e sinto um desconforto abdominal. Estou preocupada e não sei como agir.

  42. outubro 21, 2013 às 10:15

    Bom dia,

    Minha esposa começo com esse tratamento, ela já fez a primeira dose, queria saber em quantas doses que começa a mostra os efeitos do remédio?

    Obrigado desde já.

    • 84 carlos
      janeiro 9, 2014 às 22:19

      boas
      faço enfleximabe desde agosto e fez efeito desde o dia seguinte .foi maravilhoso desde os 11 anos q não andava tão bem como agora e Ja tenho crown à 25 anos.além disso fazia cortizona e passado uma semana após a primeira toma deixei de vez.bem aja esse medicamento e o médico q me curou .dr joão gonçalves hospital de braga


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: