20
maio
10

Sou Fernando, tenho 30, quero viver!!!

É… 30 anos. São 3 décadas. 10 + 10 + 10. Quase 11 000 dias!

E parece que eu tinha 8 há pouquíssimo tempo. Lembro dos meus 18 como se fossem há menos de 2 anos. Como assim? Fiz 25 ontem mesmo!!

Chegou! Um homem de meia idade, como dizem. Balzaquiano. Hora em que começam as famosas crises…

Não. Comigo, nenhuma crise. Até porque, se falo que tenho 22 anos, todos acreditam. Se falar que tenho 30, muitos duvidarão. Bom? Ruim? Não sei mesmo.

Vivi 30 anos. Geração 80. Infância muito legal nos anos 80. E a adolescência nos anos 90? Novas descobertas, novas paixões! o rock, o sexo e a cerveja. e o Malibu, é claro! Pude ver e presenciar uma passagem de século! E de milênio! Depois a vida adulta. (ou uma adolescência que se prolongou mais do que devia). Outras descobertas, outras paixões! A Física, a Astronomia, o carro, as viagens… Responsabilidade. Isso eu sempre tive, modéstia a parte. Com ela, vieram trabalho, faculdade, doença… Não! Casamento e filhos não vieram, e nem estão nos planos (ainda).

Minha vida, até aqui,  nunca foi muito agitada. Às vezes, penso que foi muito monótona. Devia ter me divertido mais. Queria ter me divertido mais. Ou como diz a música dos Titãs: “Devia ter amado mais, Ter chorado mais, Ter visto o sol nascer… Devia ter arriscado mais, E até errado mais,  Ter feito o que eu queria fazer…”. Teria sido culpa minha? Do meu pai? De Deus? Das circunstâncias?

Enfim, só agora a gente percebe o quanto a vida é curta. E passa rápido. E como é bom viver. Digo isso, porque, até pouco tempo atrás, pensava exatamente o contrário. Queria por fim a minha vida. Pensava: continuar vivendo pra que? Vamos encurtar isso de uma vez!

Graças a Deus, aquilo passou. Não. Não me converti a nenhuma religião! Sou o mesmo de sempre. Mas a febre passou. Todos passam por dificuldades. Ainda mais em 30 anos de vida. Saber superá-las não é fácil. Mas é possível. Hoje, penso que vivi o que vivi porque era pra viver assim. E foi uma vida ótima. Com altos e baixos. Quando digo que quero mais 20 anos, é por que quero a partir de agora, viver o que não vivi, e o que já vivi novamente!! Preciso de tempo. Mas não me preocuparei com ele. Quero viver e viver.

Poucas vezes, disse que sou um cara feliz. Porque realmente não era. Eu podia estar feliz, mas não era. Agora, tenho certeza que sou um cara feliz. Posso até não estar, mas sou e tentarei ser sempre!

O que escrevi aqui, pode estar bonito, confuso, melancólico, otimista, clichê, poético, dramático, sei lá… Mas saiu de uma vez, e do jeito que queria expressar, pra eternizar este momento histórico, enfim, só se faz 30 anos uma vez na vida. E quero que todos saibam…

Sou Fernando, tenho 30 e quero viver… MAIS.

Háaaa!! Muito disso eu aprendi com o Ferris Bueller, um ídolo cult que, certa vez, disse: “A vida passa muito depressa. Se não paramos para curti-la de vez em quando, ela passa e você nem vê!”

Anúncios

0 Responses to “Sou Fernando, tenho 30, quero viver!!!”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: